Triângulo da Segurança | Triângulo da Legislação – Educação – Penalização | Campanhas Publicitárias

Segurança

Triângulo da Segurança

As causas dos acidentes podem ser agrupadas de acordo com o triângulo da segurança indicado na figura 1. Para se conseguir uma redução efectiva na sinistralidade rodoviária, há que actuar simultaneamente nos três vértices do triângulo.

   
    Usa os botões
interactivos
   

Figura 1 – Triângulo da Segurança

O condutor é o vértice mais importante do triângulo, mas não o único responsável pelos acidentes rodoviários. Os peões têm também o seu papel, pela negativa, na sinistralidade rodoviária em particular nos atropelamentos. Entre os aspectos ligados ao utente da via existem um conjunto de tópicos diversificado, que inclui:

- Consumo de Drogas, álcool, medicamentos.
- Desrespeito pelas distâncias de segurança.
- Desrespeito pelas regras da prioridade e pela sinalização.
- Ensino da condução.
- Estacionamento irregular em passeios, passadeiras, etc.
- Excesso de velocidade.
- Má formação dos condutores e dos pões.
- Não utilização do cinto de segurança e dos sistemas de retenção para crianças.
- Sono e Fadiga
- Ultrapassagens perigosas.

- Utilização dos médios de dia. Utilização de material retroflector. 
- Utilização do telemóvel pelos condutores.
- Velocidades excessiva não adequada às condições; da via, climatéricas, de visibilidade, e de tráfego.

Os acidentes não acontecem só aos outros. A segurança activa dos veículos tem um papel importante no evitar o acidente, assim como a segurança passiva do veículo tem um papel importante na redução das suas consequências. O veículo tem um papel crucial na redução da sinistralidade rodoviária. O grande aumento da segurança dos veículos automóveis nas últimas décadas, o que em muito se deve o papel do Euroncap, tem contribuído significativamente para a redução da sinistralidade rodoviária. A segurança dos veículos deve ser o primeiro critério a considerar aquando da aquisição de um veículo. Alguns aspectos importantes relacionados com o veículo são:

- Baixo nível de equipamentos de segurança dos automóveis (Em 2002 um estudo da DECO/IDMEC revelou que no conjunto dos 50 modelos mais vendidos em Portugal, metade tinha menos equipamentos de segurança do que em Espanha e ¾ menos equipamentos de segurança do que a Alemanha).

- Inspecções periódicas dos veículos.
- Parque automóvel envelhecido e consequentemente menos seguro.
- Prémios dos seguros que não têm em conta a segurança, suficientemente, a segurança dos veículos.
- Sistema fiscal que penaliza a renovação do parque automóvel.
- Sistema fiscal, baseado na cilindrada, que não tem em conta aspectos mais importantes como a segurança.

Os condutores e em geral os utentes da via além de infracções, cometem erros. Ninguém deve pagar por esses erros com a via. Por isso o papel da via é crucial na redução da sinistralidade rodoviária. Exemplos da contribuição da via para a sinistralidade rodoviária são:

- Inexistência de dispositivos de segurança nas vias ou dispositivos inadequados. Alguns exemplos são, a não existência de estruturas de protecção contra impacto de motards, valas em Auto-Estradas que levantam algumas interrogações em termos de eficácia, não existência de atenuadores de impacto, na maioria, das saídas de vias rápidas em Auto-Estradas.

- Segurança dos utentes vulneráveis da via, peões e ocupantes de veículos de duas rodas, nem sempre considerados no projecto.
- Vias mal concebidas, mal sinalizadas e com manutenção deficiente.

Triângulo da Legislação – Educação – Penalização

Complementarmente outro triângulo pode ser considerado. É o triângulo da Legislação – Educação – Penalização (Figura 2).

       
     

Figura 2 – Triângulo da Legislação–Educação–Penalização

A legislação, em que a face mais visível é o código da estrada, é fundamental para a redução da sinistralidade rodoviária, no entanto, existem outros aspectos sobre os quais é importante legislar seja a nível nacional seja a nível europeu. Desde a legislação no que respeita à construção e manutenção das vias, seja na legislação que respeita às características de segurança dos veículos.

A educação é fundamental para que todos os utentes da via, desde os condutores, aos peões estejam alertados para os riscos e para os problemas do ambiente rodoviário.

A penalização é o último elo da cadeia. Por melhor que seja a legislação e a educação, sem uma fiscalização efectiva e eficaz não é possível reduzir eficazmente a sinistralidade rodoviária. O papel das autoridades é crucial neste aspecto.

Campanhas Publicitárias

Apresentam-se aqui algumas campanhas publicitárias relacionadas com a segurança rodoviária. Campanhas específicas acerca da Velocidade, álcool, utilização do telemóvel, por exemplo, são apresentadas nos respectivos links, ou seja: Condutor / Utente da via, Via e Veículo.

Anecra


 

Ver e ser visto... Segurança é fundamental

(MPEG, 856 kB)


ACA-M


 

Dia mundial em memória das vítimas da estrada

26 milhões de mortos em desastres rodoviários
Quantos mais vamos deixar morrer

(MOV, 6.22 MB)



 

Verifique as luzes, pneus e travões

(MPEG, 409 kB)


 

Circule pela direita

(MPEG, 421 kB)


Galp Fast Access - Ângulo Morto (Canadá)


 

Drivers of heavy vehicles can't always keep you in sight

(AVI, 2.42 MB)


  Drivers of heavy vehicles can't always keep you in sight

  Drivers of heavy vehicles can't always keep you in sight

  Drivers of heavy vehicles can't always keep you in sight

  Drivers of heavy vehicles can't always keep you in sight


DGT_publicitaria2002_1.wmv

 

Vive e deixa viver

(WMV, MB)


DGT_publicitaria2002_2.wmv  

Vive e deixa viver

(WMV, MB)


DGT_publicitaria2002_3.wmv  

Vive e deixa viver

(WMV, MB)


DGT_publicitaria2002_4.wmv  

Vive e deixa viver

(WMV, MB)


DGT_publicitaria2002_5.wmv  

Vive e deixa viver

(WMV, MB)


 

Respeita as distâncias de Segurança

(MPEG, 3.57 MB)


 

Estamos a eliminar as passagens de nível

(MPEG, 4.38 MB)



 

Failure to give way - Don't worry

(MPEG, 6.18 MB)



RTA_counrty_road_
toll_hunter.wmv

 

Country people are dying on country roads

(MPEG, 2.42 MB)


  Country people are dying on country roads

  Country people are dying on country roads

  Country people are dying on country roads

  Country people are dying on country roads

  Testemunhos - Familiares de vítimas de acidentes rodoviários


TAC_OnlyAMate.mp4

 

Only a mate

(MP4, 2.42 MB)


TAC_StandStill.mp4  

Stand Still

 


 

Birthday Present

(WMV, 3.66 MB)


 

Car Go

(WMV, 2.48 MB)



think_horse_30_high.ram